Coronavírus: neste momento, a calma é fundamental
27/03/2020 às 18:00 - Por Equipe Trattabrasil

Como todo mundo já sabe, passamos por uma epidemia do novo Coronavírus, que causa a doença Covid-19, no Brasil. Por ser um vírus para o qual ainda não temos imunidade, e não há vacina disponível, o melhor caminho contra ele é a prevenção. Isso porque ele causa de gripe a pneumonia, e se espalha com facilidade.

Apesar do grupo mais vulnerável serem idosos e pessoas com outras doenças, todos precisam se proteger. Por isso, fique atento às informações que vamos repassar aqui. Elas devem ser seguidas para evitar que você pegue - e espalhe - a doença por aí.

Perguntas e respostas


Como acontece a transmissão?


De forma simplificada: o coronavírus é transmitido de uma pessoa para outra através de gotículas de saliva ou muco, expelidos pela boca ou narinas quando uma pessoa infectada tosse ou espirra. Essas gotículas ficam em objetos e superfícies. E aí, outras pessoas tocam esses locais e depois levam as mãos aos olhos, nariz ou boca e se contaminam. Apertar as mãos, abraçar, beijar, ou compartilhar copos, toalhas e talheres com pessoas infectadas também facilita a transmissão.

Como me precaver?


Lave a mãos cuidadosamente por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou higienize com álcool em gel. Evite tocar nos olhos, nariz e boca. Ao espirrar ou tossir, cubra nariz e boca com o braço ou lenços descartáveis. Mantenha uma distância de pelo menos um metro das pessoas infectadas e evite aglomerações. Quarentenas e restrições de viagens atualmente em vigor em muitos lugares também ajudam a diminuir a transmissão. Também é importante manter ambientes muito bem ventilados e desinfetar tudo que venha de fora de casa, ou superfícies tocadas com frequência.

Devo evitar de viajar de avião?

A maioria das viagens aéreas pelo mundo todo está restrita e, se alguém tiver febre e sintomas respiratórios, não deve voar.

Sintomas

Agora, você deve estar se perguntando quais são os sintomas. Os mais comuns são febre, cansaço e tosse seca. Também pode ocorrer congestão nasal, coriza, dor de garganta e dores musculares. Alguns pacientes relataram, ainda, sintomas gastrointestinais (náusea, vômito e diarreia) antes da ocorrência de sintomas respiratórios. Esses sinais da Covid-19 podem aparecer de dois a 14 dias após a exposição. Mas nem sempre é preciso procurar um médico. Quem tiver sintomas leves, como febre e tosse seca, e que não apresentam sintomas respiratórios como falta de ar, devem ser tratados em casa, isolados dos demais familiares. Entre em contato com seu médico se sentir quaisquer outros sintomas graves ou preocupantes e procure o serviço de saúde se estiver com falta de ar, dor ou pressão persistente no peito, confusão mental ou incapacidade de despertar.

Sabemos que isso pode parecer muito assustador, não é mesmo? Mas não se desespere. Manter a calma e tranquilidade nesse momento também é muito importante para agir corretamente e observar sinais! Siga as instruções, evite aglomerações, e só saia de casa quando for realmente necessário. Fique bem e cuide da sua família!

Comentar

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *
 

Comentários

Nenhum comentário ainda.
Equipe Trattabrasil
(9 posts)
Quer saber mais sobre Equipe Trattabrasil? Facebook, Twitter, Instagram.
 
SIGA NOSSOINSTAGRAM

Newsletter

Cadastre seu e-mail e fique por dentro das novidades!

Atendimento

2ª á 5ª 8hs às 18hs

8hs às 17hs

  • (31) 3429-9200
  • Rua Leopoldino de Oliveira, 798 - Nova Esperança Belo Horizonte - MG - CEP.: 31230-532